Menu
header photo

Academia de Flauta de Verão

Raquel Lima iniciou os seus estudos musicais aos 3 anos na Academia de Música de Vilar do Paraíso. Licenciou-se na classe do Prof. Eduardo Lucena, na ESMAE. Estudou com Renate Greiss-Armin na Saatliche Hochschule für Musik Karlsruhe – Alemanha (Erasmus). Como Bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian, frequentou uma Pós-Graduação em Flauta na Royal Academy of Music (Londres), com Clare Southworth e Kate Hill, que terminou com Distinção. Trabalhou igualmente Flautim (com Patrícia Morris) e Flauta Barroca (com Lisa Beznosiuk). Nesta escola, realizou concertos a solo, em Música de Câmara, e em Orquestra, sob a direcção de maestros como Lutz Koheler. Com a Orquestra Sinfónica da Royal Academy, realizou uma tournée com Sir Elton John, com concertos em Inglaterra (Royal Albert Hall, Londres) e nos EUA. É Doutorada em Performance pela Universidade de Aveiro.

Participou em Masterclasses de Flauta com alguns dos mais prestigiados flautistas, como Trevor Wye, Patrick Gallois, Vicens Prats, Phillipe Bernold, Aurèle Nicolet, William Bennett, Felix Renggli, Maxence Larrieu, Peter Lloyd, entre outros, de Traverso com Peter Holtslag e Karl Kaiser, e de Música de Câmara com Alberto Ponce, Roland Dyens, Ketil Haugsand e Peter Holtslag.

É reforço do Remix Ensemble: participou em digressões por vários pontos do país e estrangeiro (IRCAM e Centro Georges Pompidu, em Paris, Cité de la Musique, em Estrasburgo, Radial System, em Berlim, Mozartsaal em Viena, Casa da Música, Fundação Calouste Gulbenkian, Culturgest, Teatro Angrense), fazendo também estreias nacionais ou absolutas. Integrando ainda o Remix Ensemble, participou na gravação de um Cd com obras de Emmanuel Nunes. Neste Ensemble já trabalhou directamente com compositores como Emmanuel Nunes, Helmut Lachenmann, Bent Sorensen, João Rafael, Isabel Soveral, entre outros.

Tem colaborado também com: Orquestra Sinfónica da Galiza, Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Sond’Arte Electric Ensemble, Orquestra Nacional do Porto, Drumming, Filarmonia das Beiras, Orquestra da Póvoa, Orquestra de Câmara Musicare; já tocou sob a direcção de maestros como Lorin Maazel, Jesus Lopez-Cobos, Peter Rundel, Emilio Pomàrico, Stefan Asbury, Peter Eotvos, Alberto Zedda, Muhai Tang, Leone Magiera, Giovanni Antonini, e com solistas como Angela Gheorghiu, Mischa Maisky, Christian Lindberg, Christoph Prégardien, Pierre Strauch, Anu Komsi, G. Capuçon, Elisabete Matos, Vladimir Viardo e Luciano Pavarotti. Com estas Orquestras realizou concertos por todo o país e em Espanha. Tocou na abertura da “Porto 2001, Capital Europeia da Cultura”, transmitida pela RTP. Foi 1º Flauta da Orquestra Académica do Porto e integrou a Orquestra Sinfonieta da ESMAE.

Participou em diversos Festivais de Música: Festival MaerzMusik (Berlim), Festival Musica (Estrasburgo), Festival “Wittener Tagen fur Neue Kammermusik” (Witten, Alemanha), Festival Agora (Paris), Festival de Música Viva/Entr’artes de Oeiras, Festival Mozart de La Coruña, Festival Internacional de Música de Coimbra, Festival Internacional de Música de Espinho, Festival Internacional de Música de Gaia, Festival de Música de Alcobaça, Festival de Música da Póvoa de Varzim, Festival de Ópera de Óbidos, Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso, Festival de Ópera de Ponte de Lima, entre outros.

Já se apresentou como solista com o Remix Ensemble, a Orquestra Sinfonia de Varsóvia, a Sinfonieta, a Orquestra Filarmonia das Beiras, a Orquestra Filarmónica de Válcea (Roménia), e o Ensemble da Universidade Católica do Porto.

Integra o Duo de Flauta e Guitarra Duo Pourquoi Pas, com o qual lançou um Cd, e prepara o lançamento do segundo. É membro do Quinteto de Flautas Éolia. Participa em recitais a solo e em Música de Câmara, em importantes salas e eventos do país e do estrangeiro (CCB, Fundação Gulbenkian, Rivoli, Salle Gaveu (Paris), Ateneu de Bucareste, Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso, entre outros).

Destacam-se os seguintes prémios em concursos: 1º Prémio no Concurso Internacional Friedrich Kuhlau, em Uelzen, Alemanha, em 2009; Semi-finalista no Concurso Jean-Pierre Rampal, em Paris, em 2008, ganhando também o Prémio de Melhor Interpretação da obra obrigatória, de H. Dufourt; Finalista no 1º Concurso Internacional de Flauta Theobald Bohem, em Munique, em 2006; em 2005 obteve o Primeiro Prémio no Concurso Internacional de Flauta “Jeunesses Musicales Bucharest”, na Roménia. Foi-lhe atribuído um 1º prémio no Concurso Helena Sá e Costa e foi Semi-Finalista no Concurso Internacional Mauro Giuliani, em Bari, Itália, com o duo Pourquoi Pas. Foram-lhe atribuídos prémios e distinções escolares. Na Royal Academy of Music obteve o Chris Taylor Flute Award e obteve a classificação de Commended no Burcher Memorial Prize. Foi Bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian desde 1995 até 2000.

Em 2009 a Câmara do Porto lançou um documentário sobre a sua formação enquanto Flautista, no âmbito do projecto “Porto de Futuro”.

Em 2011, A Royal Academy of Music de Londres concede-lhe o prestigiado título de Membro Associado “ARAM”.

Lecciona Masterclasses em Portugal e no estrangeiro (é organizadora da “Academia de Flauta de Verão”), e integra júris de concursos nacionais. Lecciona na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto.